Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

Eletrobras registra lucro de R$ 6,4 bilhões em 2020

22/03/2021
 

Eletrobras registra lucro de R$ 6,4 bilhões em 2020
 
A Eletrobras registrou lucro líquido de R$ 6,4 bilhões em 2020 e Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recorrente de R$ 14 bilhões, demonstrando a robustez e a liquidez da companhia mesmo em um ano marcado pela pandemia de covid-19. O resultado foi influenciado por fatores como a Revisão Tarifária Periódica (RTP) para transmissão, que representa um acréscimo de R$ 3 bilhões ao ano, compensado, parcialmente, por provisões operacionais, com destaque para contingências de R$ 4,2 bilhões. 

Outro fator de destaque é a queda nos custos de Pessoal, Material e Serviço (PMS) de 15,6% em relação ao ano anterior, com redução de R$ 1,3 bilhão. A companhia - como resultado de sua reorganização administrativa e desligamento de mais de 550 empregados entre 2019 e 2020 - apresentou, mais uma vez, redução de custos de pessoal recorrente de R$ 394 milhões, queda de 8% em relação ao custo recorrente do ano anterior.   

“Apesar do impacto mundial da pandemia nas atividades econômicas, a Eletrobras alcançou importantes resultados, fruto do amplo trabalho de reestruturação que vem sendo desenvolvido na companhia nos últimos anos. Especificamente em relação à disciplina financeira, tema aprofundado na reestruturação, a companhia registrou o indicador Dívida líquida/Ebitda ajustado em 1,5, o menor desde 2016”, afirma Elvira Cavalcanti Presta, presidente interina e diretora Financeira e de Relações com Investidores.

Um terço da energia do Brasil 

Com capacidade instalada de 50.648 MW, as empresas Eletrobras geraram, em 2020, 195.183 GWh, considerando empreendimentos corporativos, SPEs e metade de Itaipu Binacional. O número representa 33% da energia gerada no país em 2020 e um acréscimo de 5,5% em relação ao ano de 2019. Em relação às usinas de geração em construção, a Eletrobras prevê a entrada em operação de mais 1.571,5 MW com sua participação até o fim de 2026, incluindo Angra 3.     

Na transmissão de energia, a Eletrobras vem apresentando melhoria de desempenho desde 2016, reduzindo em 13,6% as perturbações com corte de carga. A companhia é responsável por 43,5% do total de linhas de transmissão do país e há quatro anos não registra desligamentos de grande porte. Estão em andamento reforços e melhorias em transmissão com a construção de 80 empreendimentos de grande porte, sendo 24 relacionados a linhas de transmissão e 56 relativos a subestações.  

Sob o ponto de vista de retorno aos acionistas, a Eletrobras submeterá à Assembleia Geral Ordinária o pagamento de R$ 1,5 bilhão de dividendos, relativos ao exercício de 2020, sem contar os dividendos que foram pagos em fevereiro de 2021, no montante de R$ 2,3 bilhões, o que totalizará cerca de R$ 3,8 bilhões de dividendos pagos até o fim de 2021.  
Tags